Formação ‘Educuidar – Educação com Afeto’ para educadoras do Berçário Les Enfants

18 de janeiro de 2020

As especialistas Diva Silveira e Belisa Maggi ministraram a formação continuada Educuidar – Educação com Afeto para educadores do Berçário Les Enfants de Emilie de Villeneuve nos dias 16 e 17 de janeiro de 2020. Ambas cursaram Desenvolvimento da 1ª Infância em Harvard e são co fundadoras da Casa do Cuidado.

A Casa do Cuidado, explica Belisa Maggi, ministra esta formação com o propósito de ajudar os educadores e afins a desenvolverem um novo olhar para a educação, partindo do primeiro ponto que é o autocuidado, ou seja, o autoconhecimento por meio da consciência de comportamentos, pensamentos e atitudes, entre outros módulos que abordam os neurocoching, técnicas específicas para a primeira infância vindas da neurociência.

Elas apresentaram aos educadores do Bérçários Les Enfants módulos que trouxeram a oportunidade de desenvolvimento, de capacitação, no sentido de desenvolverem, na prática, esse conceito de educação com afeto.

"Antes de qualquer coisa, o educador precisa ter primeiro cuidado consigo para depois cuidar do próximo. Quando falamos de Educuidado com Afeto, a primeira coisa que a gente precisa prestar atenção é com o autocuidado. Quando falo de cuidado com o outro começo por mim”, conta Diva Silveira.

Tudo começa com o autoconhecimento e a autoconsciência para o autodesenvolvimento visando o autocuidado.

“Dentro da autoconsciência e do autoconhecimento, estamos trabalhando os temas que estão envolvidos como a nossa percepção, as nossas crenças - limitadoras ou possibilitadoras -, ou nossos rótulos e o impacto negativo que eles têm nas relações entre os educadores ou com as crianças”, pontua Diva Silveira.

Segundo a neurocoaching, é preciso sempre buscar a autoconsciência de tudo isso que o educador escolhe pra ele dentro desse propósito de trabalhar com crianças e sempre buscar melhor. “O que posso conhecer, mudar, desenvolver em mim para oferecer o melhor cuidado para as crianças e cuidado também nas minhas relações com os colegas”.

Técnica X habilidade X conhecimento

Para Diva Silveira, todas as pessoas podem ter habilidades, vontade, e todas podem ter conhecimento para lidar com as crianças e uma coisa não exclui a outra. “Ao contrário, agrega, se complementa.

E ela questiona: “Quando a pessoa tem habilidade e atitude de gostar, de amar a criança, porque não oferecer pra ela conhecimento? Quando o educador já é formado em pedagogia, por exemplo, de qualquer forma ele tem que ser desenvolvido nas suas habilidades e ter clareza das suas atitudes e do seu querer”.

Diva Silveira explica que conhecimento multiplicado pelas habilidades e multiplicado pelas atitudes tem como produto a competência. E, de acordo com a especialista, há várias vias pelas quais é possível aumentar a competência como educuidadora, que é a pessoa que se desenvolve em todos esses aspectos.

“A profissionalização é muito positiva, principalmente se o educador gosta de trabalhar com criança, faz parte da sua missão, tem isto como propósito. Então, vamos entrar com o conhecimento e desenvolvimento de habilidades, não ficar apenas no envolvimento do conhecimento técnico, mas da inteligência emocional, relacional, desse autoconhecimento para poder ser mais efetiva nas suas tarefas”, finaliza.

Educação Continuada

O Colégio Notre Dame de Lourdes dá início nesta segunda-feira, 20 de janeiro, à semana de educação continuada destinada a professores da Educação Infantil ao Ensino Médio. Especialistas de renome foram convidados para ministrar a qualificação.

 

Texto

Sandra Carvalho

SC Assessoria de Imprensa

 

 

 

Notre Dame Av. Jorn. Alves de Oliveira, 463 - Cidade Alta, Cuiabá - MT
(65) 3637-4017
(65) 3637-3233
contato@portalcndl.com.br
Fique Ligado
Colégio Notre Dame de Lourdes © 2020. Todos os direitos reservados.