Homenagens à Santa Emilie - Vespertino

09 de março de 2018

Os alunos e professores do Colégio Notre Dame de Lourdes, em Cuiabá, comemoraram na manhã desta sexta-feira (9) o aniversário de 207 anos da santa Emilie de Villeneuve, fundadora da Congregação das Irmãs da Imaculada Conceição de Castres. Com leitura de poemas, dança, teatro, música e orações, a santa foi homenageada por toda a escola.

Segundo a diretora da instituição, Irmã Marluce Almeida, o evento foi organizado pela Pastoral da Escola com a participação efetiva dos alunos, com o objetivo de refletir sobre os legados que Emillie deixou.

“Nós temos os legados espirituais e carismáticos. Um dos legados espirituais é o lema que é a logomarca da congregação, a palavra em francês é ‘Dieu’, que significa ‘Só Deus’. Ou seja, ver Deus em todas as coisas, e ver todas as coisas com o olhar de Deus. E o carisma é a nossa ação, é a nossa prática missionária, construir um mundo mais humano, mais fraterno, menos excludente, onde os pobres e excluídos se sintam dignos. E pra isso nós fazemos todo um trabalho com os nossos alunos de possibilidade de adentrar em outras realidades que não são iguais às deles, para poderem ter a experiência de um processo mais humanizador”.

Comemoração

O evento de comemoração ao aniversário começou às 8h, na quadra da escola, com a presença das irmãs da Casa Provincial. Um dos alunos leu um poema, e logo em seguida as meninas do balé apresentaram uma dança. Outros alunos cantaram uma canção, acompanhada no violão, e por mim foi apresentado um teatro contando a história de Emillie.

Por fim, os estudantes do Ensino Fundamental I fizeram uma homenagem às missões das irmãs da Imaculada Conceição, que viajaram pelo Brasil, ajudando o povo Chiquitano e outros povos na Amazônia, e por outros países do mundo, como Haiti, Bolívia e Argentina.

O evento terminou com uma benção final, e logo depois as crianças do Ensino Infantil tiveram sua festa particular, com direito às apresentações e a um bolo com a imagem da Santa. 

Emillie nasceu em Toulouse, sul da França, em 9 de março de 1811. Sua mãe e sua irmã morreram precocemente, e aos vinte anos ela optou por ser ‘totalmente de Deus’. Sua família, no entanto, era contra, e ela teve que esperar um tempo até realizar seu sonho.

Em 1836, Emillie e duas companheiras fundaram a Congregação da Irmãs de Nossa Senhora da Imaculada Conceição.  Ela faleceu em 1854, vítima da cólera. Foi beatificada em 2009, após o reconhecimento de um milagre feito com Binta Diaby, uma africana desacreditada pelos médicos. O segundo milagre foi a cura de uma menina também chamada Emily, no Brasil, o que a levou a ser canonizada.

Texto: Isabela Mercuri / Olhar Direto

Notre Dame Av. Jorn. Alves de Oliveira, 463 - Cidade Alta, Cuiabá - MT
(65) 3637-4017
(65) 3637-3233
contato@portalcndl.com.br
Fique Ligado
Colégio Notre Dame de Lourdes © 2018. Todos os direitos reservados.